História da Banda

Spread the love

Em meados de 2007 Marcelo Darcini estava estudando para fazer um concurso público e também prestar vestibular. Diante de tantos conteúdos complexos para estudar, Marcelo sentiu a necessidade de pensar em algo que pudesse ajudá-lo a memorizar. Como tem habilidade da música e já fazia trabalhos profissionais em bandas, pensou que seria interessante gravar alguns tópicos importantes sobre os conteúdos para depois ouvi-los e assim conseguir com mais facilidade aprender o que era preciso daí então, surgiu a ideia de trabalhar e desenvolver projetos com música na área educativa.

Marcelo Darcini
Marcelo Darcini




Com a falta de informações mais claras e objetivas sobre a língua materna para “concurseiros” e vestibulandos, partindo desse cenário, surgiu a possibilidade de fazer música relacionada à Língua Portuguesa. Os conteúdos por serem extensos, priorizou-se a composição de letras criativas voltadas à morfologia e alguns tópicos relacionados à sintaxe. A primeira letra a ser gravada foi “Substantivo”, após a música estar pronta, Marcelo pensou em como divulgá-la e começou a mostrá-la para alguns colegas músicos com o intuito de montar uma banda de Rock que tocasse nesse estilo, o qual começou a chamar de “Rock Educativo”.

Jéssica Steil
Jéssica Steil

No ano de 2008, Marcelo e Jéssica Steil (contrabaixista) estavam trabalhando no projeto das “Músicas Educativas” como eram chamadas. Em 2009, apresentaram a ideia para o amigo e baterista Adriel Sampaio, que achou interessantíssimo e resolveu participar do projeto. Começaram então os ensaios para gravação do primeiro CD da banda (sem um nome definido). Marcelo pensava que a banda deveria ter um nome relacionado com a Língua Portuguesa e assim, ele sugeriu aos colegas de trabalho duas opções: Sujeito Simples ou Sujeito Composto. E por unanimidade a escolha do nome foi “Sujeito Simples”.




Com o nome da banda já definido gravaram o primeiro CD, o qual visava sobre as 10 classes gramaticais, os idealizadores foram além; projetaram uma revista que contemplava todas as letras compostas já cifradas, o que facilitaria muito para novos aprendizes, pois além de entender o português ouvindo poderiam também tocar as letras e com isso fixar ainda mais a matéria.

Adriel Sampaio
Adriel Sampaio

Visto que a ideia seria de suma importância e com um grande potencial para auxiliar professores em suas aulas, despertando assim nos alunos a vontade de aprender a disciplina de uma forma diferente mais dinâmica e lúdica. A banda começou a desbravar o desconhecido buscando algum apoio entrando em contato com editoras e grupos educacionais. “Foram praticamente dois anos tentando fazer uma parceria com alguma editora”, lembra Marcelo Darcini.

Revista e CD - Banda Sujeito Simples
Revista e CD – Banda Sujeito Simples

Como nenhuma empresa demonstrou interesse em apoiar o projeto, a banda resolveu por conta própria em 2011 fazer o clipe da música “Preposição” e postar no You Tube. Posterior a isso prensaram mil CDs e 300 revistas para tentar vender, num valor simbólico, com intuito de divulgar o trabalho. Marcelo também resolveu disponibilizar o CD e a revista para “download” gratuito no “site” da banda, com a intenção de ajudar aqueles que não tinham condições de adquirir o material. As fotos para a composição da revista foram feitas pelo fotógrafo Jean Grein Xavier, amigo dos integrantes da banda.

Adriano Lopes e Marcelo Darcini
Adriano Lopes e Marcelo Darcini

Ao colocar o clipe na internet uma grande surpresa… professores do Brasil inteiro começaram a pedir os materiais, não só professores, mas também alunos de ensino fundamental e médio, bem como os que estavam se preparando para concursos públicos.

Muitos programas de TV entraram em contato para entrevistas e a banda gravou uma matéria especial para a RBS TV – Rede Globo – no Jornal do Almoço, em Florianópolis SC. Também fez uma apresentação ao vivo no RPC – Rede Globo de Curitiba – onde tocaram para em média, 02 milhões de telespectadores. “Essa foi uma experiência ímpar porque estávamos ao vivo e tendo a chance de mostrar um pouquinho do nosso trabalho”, afirma Marcelo Darcini.

Com o passar do tempo foram surgindo novas oportunidades e a banda tinha outras propostas para apresentações em TVs, mas como havia um alto custo para as viagens e não tinham patrocínio algum, muitas das propostas não puderam, infelizmente, ser concretizadas.

Alguns meses depois de tais apresentações, o baterista, por motivos pessoais, precisou desligar-se da Banda. Marcelo e Jéssica continuaram a batalhar pelo projeto, iniciando o segundo CD. Porém, com a saída do colega de trabalho, o projeto ficou comprometido não sendo efetivado plenamente.

Jéssica Steil e Marcelo Darcini - UFPR - 2012
Jéssica Steil e Marcelo Darcini – UFPR – 2012

Para dar continuidade e não abrir mão de uma ideia que traria muitos benefícios a todos que estivessem buscando conhecimento na área de Língua Portuguesa, Marcelo Darcini resolveu, ele mesmo, gravar as baterias que faltavam para completar o disco, e assim lançaram o segundo CD no You Tube, acompanhado da segunda revista nos mesmos padrões da primeira, juntamente com um clipe no intitulado CRASE 2. O segundo CD foi lançado apenas na internet não tendo nenhuma cópia prensada, nas fotos da capa estão apenas Marcelo e Jéssica, porque estavam sem baterista no momento.

Revista e CD2 Banda Sujeito Simples
Revista e CD2 Banda Sujeito Simples

Passaram pela banda os guitarristas Adriano Lopes e Rafael Xavier, em  maio de 2012 Marcelo convida o Baterista André Marés para fazer parte do projeto, mas não chegaram a fazer nenhum ensaio então, no dia 13 de junho de 2012 entra para a banda o baterista Eziquiel Augustin (Zique) e a banda faz uma sessão de fotos no estúdio do mesmo em Mafra-SC.

Jéssica Steil - Marcelo Darcini - Eziquiel Augustin
Jéssica Steil – Marcelo Darcini – Eziquiel Augustin

Em Julho de 2012 a banda recebeu um convite e deu uma entrevista para a Revista “Seleções” e em Agosto, também por motivos pessoais, a companheira Jéssica Steil desliga-se da banda Sujeito Simples.

Banda Sujeito Simples - Revista Seleções
Banda Sujeito Simples – Revista Seleções

Após a saída da baixista, quem assume as 4 cordas é o baixista Dino Krol, com essa nova formação vários shows foram feitos em escolas e seminários de educação.

Marcelo Darcini e Dino Krol - Show
Marcelo Darcini e Dino Krol – Show

Em seguida no mês de Setembro a banda concede uma entrevista para o site da UOL e produzem um clipe da música “Adjetivo”, o qual foi veiculado na TV UOL.

Dino Krol - Eziquiel Augustin - Marcelo Darcini
Dino Krol – Eziquiel Augustin – Marcelo Darcini

Marcelo gravou uma música inédita, que não havia entrado ainda em nenhum dos CDs, foi feita apenas com voz e violão. A produção do clipe foi feita pelo amigo e designer Mister Ener. “Eu não quis deixar essa música guardada, então resolvi gravá-la mesmo sendo apenas com violão e voz, sem banda, para postar no “youtube” e compartilhar com a galera, pois sei que ela pode ser útil”, enfatiza Marcelo.

Em Outubro de 2013 a banda Sujeito Simples encerrou suas atividades, mas Marcelo continua com novos projetos.

Banda Sujeito Simples Show
Banda Sujeito Simples Show

“Sabe-se que buscar o “novo” não é algo fácil, requer força de vontade, dedicação, amor pelo que se faz e estamos aí para isso. Sei que nosso trabalho ajudará e fará a diferença no processo de aprendizagem de muitas pessoas”, ressalta Marcelo.

 

Texto elaborado pela Professora de Língua Portuguesa Danila Mara.